sábado, 15 de novembro de 2008



''Ser diferente as vezes é desgastante...
Poxa tem hora que fica dificil suportar tantas cobranças, tantas desavenças.
Eu sou diferente, me visto a minha maneira, gosto de acessorios um tanto quanto incomuns e por isso sou muito discriminada ¬¬.
Dentro e fora de casa isso já está se tornando insuportavel, porém me atormenta mais o fato de em minha propria casa não ter o apoio necessario.
Abuso de poder me irrita e minha mãe faz questão de mostrar que enquanto viver sobre o teto dela ela me controla em boa parte. Carara que saco ¬¬, o corpo é meu e eu tenho consciencia de meus atos, não sou nenhuma pirralha inconcequente que não mede a intensidade do que se está fazendo.
Eu me jugo responsavel, deveras já fiz muita besteira lógico...Quem nunca fez?
Aprendi com cada tropeço, acerto, ferida e cicatriz...
Que droga não nasci para ser submissa, detesto abaixar a cabeça e me calar, hoje em dia ainda consigo controlar meus acessos de raiva, mas desabo ao entrar no meu quarto, choro tanto que as lagrimas não cessam mais.
Não é segredo para ninguem que morro de vontade de ir embora de casa, mas minha racionalidade me impede de tal ato agora, pois sei que não teria como me manter.
Mas ela vai ter que um dia se acostumar que ''EU NÃO SOU COMO ELA''...
Adoro e nunca vou abdicar do meu alargador, adoro usar roupa preta, sou louca por metal ( som) e o fato de eu ser assim não quer dizer que eu não possa ser uma pessoa responsavel e bem sucedida...
E sinceramente na primeira oportunidade estável que eu tiver irei embora daqui para poder ter paz!!!!!!!!!!!!!''

Um comentário:

†_Lord Derek Haskqeny_† disse...

ai amor...me dói o coraçao ver vc assim...nao gosto de ver o que fazem com vc...eles nao percebem a pessoa ótima e perfeita que vc é...só vao dar valor quando perderem vc...
eu te amo linda...muito mesmo